jusbrasil.com.br
1 de Julho de 2022
  • 2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Tribunal Regional do Trabalho da 20ª Região TRT-20: 000XXXX-36.2016.5.20.0007

Detalhes da Jurisprudência

Publicação

31/01/2022

Relator

JOSE AUGUSTO DO NASCIMENTO
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Ementa

EMENTA: RESPONSABILIDADE SUBSIDIÁRIA NÃO CONFIGURADA - REFORMA DA SENTENÇA.

Restando comprovado que as empresas contratantes dos serviços terceirizados adotaram medidas visando à fiscalização do cumprimento das obrigações relativas ao contrato celebrado, não incorrendo em culpa, inexiste razão jurídica para responsabilizá-las subsidiariamente pelas verbas resilitórias a que faz jus o reclamante.
Disponível em: https://trt-20.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/1364785074/12163620165200007

Informações relacionadas

Tribunal Superior do Trabalho
Jurisprudênciahá 4 anos

Tribunal Superior do Trabalho TST - AGRAVO DE INSTRUMENTO EM RECURSO DE REVISTA: AIRR 11787-47.2015.5.15.0102

Tribunal Regional do Trabalho da 3ª Região
Jurisprudênciahá 3 anos

Tribunal Regional do Trabalho da 3ª Região TRT-3 - RECURSO ORDINARIO TRABALHISTA: RO 001XXXX-25.2018.5.03.0043 001XXXX-25.2018.5.03.0043

Tribunal Regional do Trabalho da 11ª Região
Jurisprudênciahá 3 anos

Tribunal Regional do Trabalho da 11ª Região TRT-11 - Recurso Ordinário: RO 000XXXX-87.2018.5.11.0006

Tribunal de Justiça do Paraná
Jurisprudênciahá 2 anos

Tribunal de Justiça do Paraná TJ-PR - PROCESSO CÍVEL E DO TRABALHO - Recursos - Recurso Inominado: RI 003XXXX-30.2018.8.16.0182 PR 003XXXX-30.2018.8.16.0182 (Acórdão)

Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região
Jurisprudênciahá 2 anos

Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região TRT-2: 100XXXX-75.2019.5.02.0323 SP